all about me...:

site

livejournal

flickr dccplay

flickr dccplay2

blip.fm

tumblr

soundcloud

domingo, abril 29, 2012

Falar é fácil

Há pessoas que nos atropelam a falar.
Há as que falam falam falam e não deixam falar.
Há as que só se ouvem a si. Há quem finge ouvir. Há quem finja falar.
Há as que dizem por nós.
Há as que cumprimentamos, à noite, ou até de dia, e não nos deixam acabar de cumprimentar, já vão "de saída" - porque o que temos a dizer, ou não lhes interessa absolutamente nada, ou é completamente fora, e têm mais que fazer. Ou então, estão acompanhadas...
Há as que falam mais que as mães.
Há as que dizem tudo.
Há as que dizem o que lhes convém.
Há as que quando dizem, cantam; ou dizem a cantar, e podem não estar bêbedas.
Há as que nos querem ouvir, completamente, e nos querem cumprimentar, e sorriem, mas ficam ali no seu canto, nas suas palavras por sair.
Há as que dizem muito, e depois percebemos que não disseram nada.
Há as que falam só connosco, ou que são capazes de passar uma noite a falar, connosco.
Há as que cumprimentam para falar, mas que evitamos.
Há as que já falaram mais. Ou demais.
Há as que se cansam ao falar.
Há as que dizem sem dizer.
Há as que não nos deixam sem resposta.
Há as que não falam.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo do blogue