all about me...:

site

livejournal

flickr dccplay

flickr dccplay2

blip.fm

tumblr

soundcloud

quarta-feira, agosto 12, 2009

Post privado

"Olá, é o rapaz que conheceste no outro dia (...). Não cheguei a saber o teu nome. (...) Gostavas de repetir a dose? (...)"
Depois disto é só conseguir memorizar-se o número de telemóvel que se decora mentalmente em vez de se apontar por escrito ou inserir no aparelho, graças à ligeireza de cabeça nas circunstâncias do meio envolvente. Isto porque o número de que se recebe a chamada é de casa, é só essa vez, é "interdito" por expressa vontade. O que fazer então quando não se conseguiu memorizar completamente na altura e depois já se trocam os 4 pelos 2 e os 7 por outros quaisquer ou talvez ao contrário? Resta agradecer por não cometer o erro número 1 nestas situações: dizer, ao telefone, que se é abstinente/celibatário antes de legislativas por causa do resultado depender do esforço individual para-meta-mental e a isso obrigar-nos, ou, número 2, que não dá jeito falar na altura porque está a dar a bola, ou melhor, a Volta.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo do blogue