all about me...:

site

livejournal

flickr dccplay

flickr dccplay2

blip.fm

tumblr

soundcloud

sexta-feira, agosto 29, 2008

3 Pontos

- Estou menos de férias.
- Estou farto de alguns programas de televisão.
- Amanhã é sábado.

Nietzsche Car

Instalação kitsch/exposição em Portimão, "Nietzsche Car", Thomas Hischhorn, fotografada com telemóvel:








Disseram-me uma vez, mais ou menos recentemente, de expressão vincada

"Eles gostam de te foder". Já não me lembro se respondi com boas intenções, desrespeitosamente ou se fiquei a pensar a que propósito era aquilo, aliás, já não me recordo bem em que contexto foi dito (não foi de certeza nas melhores circunstâncias, porque é um facto que isto é uma espécie de queixinha mesmo pessoal) sendo isso não absolutamente relevante para este post. Não levei a mal - nem é difícil, a frase é ambígua (nem sequer podia, ou ficava maldisposto).
-
O que é um facto (o que se segue é uma espécie de generalização) é que escrever é um placebo perante situações, umas mais memoráveis, outros menos acreditáveis, umas mais evidentes, outras menos conscientes do que se passa ou passou, estou um bocado certo é de que há coisas que às vezes não parecem encaixar nem à força (e nesse caso ainda bem) e outras assustadoras.
-
Actualização por vias de facto de ter iniciado "sessão" no blogger e encontrar um comentário: o próximo post será constituído por várias imagens fotografadas este mês.
Nota: a partir de agora, quando reeditar um post, não o refiro no título, mas em rodapé, e em vez de "editado" ponho "reeditado" que é um bocadinho diferente e mais de acordo.
Nota/dica.2: Faço votos para que a "comunidade" blogger não seja "obrigada" a ter publicidade (seja de que tipo for) nas páginas se assim o não quiser. Se houver escolha, que metê-la implique remuneração efectiva aos "proprietários" e "gerentes" do seu blog, e não enganosa, de preferência com piada.

quinta-feira, agosto 28, 2008

Passatempo (post editado)

http://www.20q.net/


Ofícios e editais

"Eles estão" (espécie de trademark bompovo e também a pensar em parte de uma entrevista do Miguel Esteves Cardoso) "para aqui" em empreitadas. Passa um bocadinho das cinco e acho que as obras que oiço (não dá para fechar vidraças com sol a bater e à temperatura que os metereologistas saberão) (entretanto já não se ouve, sinto-me observado!fo... vou ouvir css que há uma música sobre paranóia) estão demasiado perto para ser da escola que está em vias de construção uns metros mais ao longe.
"Estou para aqui sem fazer nada".
(Pronto, agora recomeçou e já é a martelar - sim, escrevo à medida.)

Hoje é dia 28 (amanhã 29, ontem 27) (não sabia o que pôr no título)

Estive indeciso entre escrever isto aqui ou noutro tipo de linguagem no myspace (até porque já lá deixei escrito um apontamento de género semelhante mas não explícito), de qualquer das maneiras: saí hoje para ver se almoçava ou se tomava o pequeno-almoço ou fazia compras para o almoço (veio a verificar-se que optei por me facilitar com pão e meia de leite) e não pude não reparar num estacionamento (com dois homens a sair do veículo e a ir pela rua, fiquei com a ideia, enquanto ia ao café e não pude ficar a ver, de que um ia ver a parte de cima da rua e o outro a parte mais abaixo). O estacionamento da viatura de urbanização acabei por fotografar conforme se segue. Não sei se devia já ter feito este tipo de constatações por escrito, visto estas coisas, ou parecidas, acontecerem, não pela primeira vez.

Arquivo do blogue